Connect with us

Hi, what are you looking for?

(NASA/Domínio Público)

Aeroespaço

NASA investe US$ 14 milhões para instalar a primeira internet da Lua

Nokia irá construir a primeira rede 4G da Lua com um subsídio de US$ 14 milhões da NASA. Este é um dos planos da agência espacial para estabelecer a presença humana no satélite natural.

Investimento de milhões

Já sabemos que a NASA quer estabelecer a presença humana na lua até o final da década. Por isso, a agência espacial avalia a possibilidade de instalar no satélite um habitat de superfície, além de uma plataforma e um veículo.

A agência espacial pretende fazer um sistema de construção autônomo de grande escala, equipado para funcionar sem astronautas. A NASA também está atualmente trabalhando com a ICON, em um sistema de construção próprio para o espaço.

Mas agora temos uma outra novidade: a NASA está investindo na empresa americana Bell Labs, da Nokia. A agência contribuiu com um valor de US$ 14,1 milhões para que a empresa construa uma rede 4G na lua.

O novo investimento ajudará os astronautas a controlar rovers lunares a partir de uma transmissão de dados aprimorada. Além disso, será possível navegar pelo nosso satélite em tempo real e transmitir vídeos. A missão, por fim, ajudará a criar um habitat humano por lá.

Rede 4G lunar

O sistema da rede será adaptado ao clima da lua, portanto, capaz de suportar temperaturas extremas, radiação e até mesmo lançamentos e alunagem de foguetes, que vibram na superfície do satélite.

De acordo com a empresa Bell Labs, a rede 4G da lua também usará células menores do que as da Terra. Apesar de terem um alcance menor, estas requerem menos energia e são mais fáceis de transportar.

No futuro, a rede 4G deverá ser atualizada para o 5G, inclusive. Mas, mesmo com a cabeça no futuro, nem a NASA nem a Bell Labs anunciaram um tempo de duração para o projeto ainda.

Estabelecimento humano na lua

A NASA já investiu US$ 370 milhões em projetos para o estabelecimento humano em nosso satélite. O dinheiro ajudará a NASA a enviar a primeira mulher e o próximo homem à lua em 2024. Além disso, a quantia ajudará a construir uma base lunar em 2028 e estabelecer uma presença sustentável em 2030.

Desses investimentos, US$ 106 milhões são para a “tecnologia de inovação na superfície lunar”, que ajuda humanos e robôs a explorar mais a lua. Para isso, os investimentos incluem um sistema de carregamento sem fio, uma fonte de energia elétrica, um aquecimento químico para evitar as temperaturas extremas e uma rede 4G, instalada pela Nokia.

A NASA também investiu cerca de US $ 256 milhões em tecnologia de gerenciamento de fluidos criogênicos. Estes são essenciais para estabelecer uma presença sustentável no astro e permitir missões tripuladas a Marte, segundo a agência espacial.

Publicado originalmente em SoCientífica. Leia o post original aqui.

Written By

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You May Also Like

Copyright © 2020 ZoxPress Theme. Theme by MVP Themes, powered by WordPress.